Juiz Pede e Lionel Messi pode ser condenado a prisão por fraude fiscal

Lionel Messi, jogador do Barcelona, e Jorge Horacio Messi, pai do atleta, vão sentar-se no banco dos réus para responder por três crimes de fraude fiscal, cometidos entre 2007 e 2009. A decisão foi tomada ontem por um juiz do Tribunal de Instrução de Gavà (Barcelona). Apesar de o Ministério Público (MP) ter pedido a absolvição do internacional argentino, o juiz considera que Messi foi coautor dos três crimes que lesaram o Estado em 4,1 milhões de euros e sugere uma pena de prisão de 22 meses e meio para cada arguido. A acusação é de 2013 e refere que Lionel e Jorge Messi defraudaram o Fisco em valores relativos a direitos de imagem do futebolista entre 2007 e 2009, através da criação de empresas falsas no Belize e no Uruguai. O juiz não aplicou medidas cautelares porque ambos têm colaborado e já entregaram, voluntariamente, o valor da fraude. Em comunicado, a empresa que gere os direitos de imagem de Messi desvaloriza o pedido de prisão e remete a resolução do caso para a decisão de absolvição do MP.

 

lionel messi preso

1346 Hoje 1 Vizualizações

Comments

comments

error: Conteúdo Protegido.